Inscrições para a Etapa I 2012 - Local ?????

Categoria Especial
x
Primeira Categoria
<>
Categoria Feminina

28 agosto 2009

Ouvidoria do Ministério dos Esportes ouve mesmo?

Dia destes reclamei junto a Ouvidoria Geral do Ministério dos Esportes sobre o não preenchimento pela SEEL do espaço reservado aos calendários estaduais na página daquele Ministério.


A Ouvidoria respondeu que não tem ingerência sobre a jurisdição Constitucional da SEEL e que eu reclamasse diretamente a ela, SEEL, e/ou fosse ao Ministério Público.


Ora, ora, no meu entimento isso equivale, também, a dizer " - não é problema nosso, vá reclamar ao bispo!"


E assim, agradeci a orientação técnica daquela Ouvidoria Geral, mas retornei pergunta sobre se não seria o caso de aquele Ministério estimular os orgãos estaduais, inclusive a SEEL Pará, a efetuarem os tais registros.


Gente, quando consultei a página do Ministério dos Esportes ainda constava o nome da benfeitora da AAGIL, Dra. Lúcia Penedo, como gestora máxima da SEEL. Tem dó, não é? já se vão quase dois anos que ela saiu de lá. E alguém vem me dizer que devo ir ao Ministério Público para consertar esses detalhes?


E qual o interesse da AAGIL em divulgar no site do Ministério seu calendário? alguém responde?

22 agosto 2009

O que estamos fazendo, nós todos, na AAGIL



Postando no fotolog hoje me veio uma espécie de auto questionamento.


"Ocupando o disputado podium na Pista do Marex, os inliners da Primeira Categoria, após a final da Etapa III 2009 do Campeonato Paraense dePatinação Aggressive Inline da AAGIL , em 09.08.09, recebem as homenagens dos companheiros.


Campeão ===== William Gibson de Oliveira Moura

Vice Campeão = Rosivan Souza Barbosa - MI

Terceiro lugar = Danyel Cristian Araujo Santos - MI


Bem, galera, esses aí, grandes do inline em Belém, são jovens na vida. Eles participam e se divertem e essa participação é o modo de eles contribuirem para melhoria do cenário inline paraense. Por exemplo, novas pistas serão consequências do aumento do número de praticantes e da força política daí decorrente. Então, os participantes acima e os que lá estiveram estão contribuindo para o bem e o belo no inline paraense.


Fico me perguntando sobre o que nós outros, que somos mais velhos na vida, e principalmente quem é também velho de inline, o que estará fazendo para acrescentar algo mais ao inline paraense? contribuir para o bem estar dos praticantes, para o crescimento e aperfeiçoamento da arte? o que cada um de nós está fazendo a respeito?


Nós todos da AAGIL temos acolhido todos os inliners que nos procuram, inclusive de outros estados. Mas precisamos de mais, principalmente acolher os de dentro do Pará. "
Etapa III - Belém - PA 09.08.09

Sei muito bem que o que está sendo feito por nós todos da AAGIL é muita coisa. Isto não é auto elogio, não. Vocês olhem o que é feito no resto do Brasil todo. Vejam na CPI e na Bizine.

Vocês podem comprovar que as ações inline que não as nossas da AAGIL são isoladas umas das outras. Os eventos não são concatenados nem coordenados engtre si. Não há um ranking nacional nem estadual fora do Pará. Não há calendários. Não há prestações de contas nem de serviços fora da AAGIL. Não há o mínimo de cobrança quanto aos deveres do Estado no processo de organização do inline nacional ou estadual fora do Pará.

Quando me refiro a nós da AAGIL, é nós de verdade, que fazemos os campeonatos acontecerem, que ajudamos, que vamos lá só para assistir, que treinamos, que divulgamos nossos feitos pela Internet, que pagamos para trabalhar, que enfrentamos dificuldades mil, enfim , nós todos que de fato participamos do processo.

Então, a despeito do abandono a que foi entregue o inline a esta nossa geração, nós, todos da AAGIL, estamos lutando para colocar este apaixonante esporte com o destaque que merece na sociedade, o que equivale a melhorar a situação dos praticantes por todos os meios honestos disponíveis.

Crianças de todas as idades adoram andar de inline. Pude comprovar isso na prática quando fui proprietário do half e mini rampa da Cambará. O inline é um meio excepcional de proporcionar alto nível de bem estar às pessoas. Sob o ponto de vista do legado de Reich (1), psicologicamente, podemos dizer que andar de inline auxilia na reestruturação das carapaças neuromusculares.

Então, meus amigos e minhas amigas, ergam a cabeça e olhem na direção do novo horizonte que nós todos da AAGIL, juntos, estamos construindo neste esporte. Estamos construindo algo novo no inline, tenham certeza disso e continuem apoiando ações honestas cujo interesse seja realmente sem fins lucrativos, como é a AAGIL.



(1) Wilhelm Reich, dissidente de Freud, tornou-se, entre outras doideiras , o pai da galera da bioenergética. Eu sempre digo, inline também é cultura!

18 agosto 2009

Mais uma furada da SEEL - agora junto ao Ministério do Esporte

A SEEL é o órgão responsável pelo registro dos calendários esportivos no Ministério dos Esportes. Fui visitar o Portal do Ministério e fiquei surpreso. A SEEL PA nem se deu ao trabalho de atualizar lá o nome do gestor atual que é o Dr. Carlos Alberto Leão, nem vi registro algum de recentes calendários das entidades de administração esportiva no Pará.

Os registros são gratuitos, não há dificuldade alguma em efetuá-los. Então pensei, pensei e resolvi colocar a ouvidoria do Ministério dos Esportes a par de mais essa malvadeza da SEEL. Malvadeza porque o registro no Ministério do Esporte dá o necessário aspecto de reconhecimento oficial da Entidade, sem o qual fica mais difícil obter apoio ou patrocínio junto a inicativa privada.

Minha colocação à Ouvidoria do Ministério foi nos seguintes termos:

"Senhores,

A SEEL Pará, que é o órgão responsável pelo registro dos calendários no Portal do Ministério do Esporte, não vem efetuando tais registros. Isto faz com que as atividades esportivas percam seu caráter de "oficialidade" dificultando mais ainda a obtenção de apoios e patrocínios junto a iniciativa privada.

Nessas condições, solicitamos esse Ministério realize gestões junto àquela SEEL-PA no sentido de que passe a abastecer o Portal com os calendários esportivos estaduais, incluindo-se, no caso, o calendário esportivo da Associação Paraense de Patinação Aggressive Inline - AAGIL, que tem os seguintes eventos para 2009:

Prova Data Local
I - Street Park 13 e 14/Jun Tucuruí - PA
II - Half 12/Jul Ilha do Mosqueiro - Belém -
III - Street Park 09/Ago Pista do Marex/Providência Belém - PA
IV - Half 13/Set Castanhal
V - Street Park 18/Out Abetetuba - PA
VI – Half 15/Nov Pista do Marex/Providência Belém -PA

Agradecemos antecipadamente e despedimo-nos apresentando nossas cordiais saudações.

Fernando Rabelo de Souza
Presidente da AAGIL

(documento público: http://aagil.blogspot.com/) "

14 agosto 2009

Consertando erro na classificação da Primeira Categoria


Cometi erro na lista de classifi cação final da Primeira Cate goria na
Etapa III - Street Park - Belém - PA de 09.08.09.

O critério de desempate regulamentar são os pontos da primeira volta
e, se continuar empatado, os pontos da segunda volta.

Pois bem, como se observa na súmula, a sexta colocação tem empate na
melhor volta, e a maior pontuação da primeira volta é do atleta Márcio
"Kapa". Portanto, ele deve ficar com a sexta posição e o atleta Bruno
com a sétima.

Peço desculpas por mais esse erro.

Quem souber de outros erros ou apenas tiverem dúvidas, entre em contato.

Abraço fraterno

a) Fernando Rabelo de Souza
Presidente

E.T. o ranking deverá ser divulgado hoje na Revista Paraense de
Patinação Aggressive Inline da AAGIL

11 agosto 2009

07 agosto 2009

Etapa III -2009 - A marcha das inscrições

quadro de inscrições para a Etapa III - Street Park - Belém - 2009

Categoria Feminina
1 - Andressa Tainá Costa de Souza

Categoria Especial e Prova Interestadual

1 - Fernando Árêas Moreno Albuquerque “Ferlouco”
2 - Eloi Xavier Dib Junior “Japa”
3 - Bergson Mota “Filhote” – Representando o Amapá
4 - Hairton Cesar Paiva Martins “Cesinha”
5 - Paulo Cristiano Borges dos Santos "Cris"
6 - Pedro Thiago Costa de Assunção “Murda”


Primeira Categoria
1 - Luan Henrique Costa Guimarães
2 - Rosivan Souza Barbosa
3 - Danyel Cristian Araujo Santos
4 - Cledson Brandão da Silva "CB"
5 - Wrangler da Cruz Ribeiro
6 - Clelson Augusto Costa de Souza
7 - Jones Gaia
8 - Gabriel Soares Santos
9 - Alcir Clebson Silveira Biloia"Clebinho"
10 - Richard Patrick Nunues Rodrigues
11- William Gibson de Oliveira Moura
12 - Bruno Felipe Gomes de Araújo
13 - Henri Castro Pacheco
14 - Alex Sarges Homem
15 - Gledson Diego Oliveira Pereira “Fecha Half”
16 - Reulison Alves e Silva
17 - Abimael Arnaud
18 - Elioenay Bezerra Tavares
19 - Fábio Siqueira Caldas
20 - Wygney da Silva Santos
21 - Márcio Augusto Leal Xavier “Kapa”
22 - Rômulo Rego
23 - Weiga Carvalho Cavalcante
24 - Rômulo Augusto Lima Vieira
25 - José Ricardo Sousa Filho

atualizado em 08.08.09 às 23h059min


Delegação "Na Raça" de Tucuruí participa da Etapa III 2009 da AAGIL


folheto da Etapa I realizada pelos colegas de Tucuruí - PA sob coordenação do Fábio Siqueira Caldas

Desembarcará às primeiras horas da madrugada de 08.08.09, em Belém, equipe de patinação aggressive inline "Na Raça" com seis atletas de Tucuruí - PA.

Segundo informou o Sr. Fábio Siqueira Caldas, a equipe vem com apoio da Secretaria de Esportes daquele município para competir na Etapa III do Campoeonato de Inline da AAGIL 2009.

O atleta Hugo "Taichi", na qualidade de membro da Comissão Técnica da AAGIL, irá recepcionar os atletas de Tucuruí na rodoviária de Belém.

Exortamos a todos, patinadores e patinadoras da Capital e redondezas, a darem muito boas vindas aos colegas de Tucuruí.

06 agosto 2009

Regulamento Etapa III – Street Park – Belém – PA -

Atenção, gente, esta é para que todos tenham consciência de que a AAGIL é o império da Democracia:

O Presidente da AAGIL coloca à disposição do público, para análise e discussão, o presente regulamento, esclarecido que poderão ser apresentadas outras versões completas de regulamento.

Caso não surjam sugestões de alteração nem versões diferentes da que agora divulgamos, esta será utilizado na integra para condução da Etapa III – Street Park – Belém – PA.


AAGIL – Campeonato Paraense 2009

Regulamento da Etapa III – Street Park – Belém – PA

I – Da organização

Art. 1º. A Etapa III do será realizada no Radical Park em Belém - PA.

Art. 2º. A operacionalização do Evento ficará a cargo da comissão técnica que será composta pelo Presidente da AAGIL, equipe de arbitragem da AAGIL, um Educador Físico ou estudante de Educação Física e outros que venham a se oferecer e sejam acolhidos como voluntários.

Art. 3º. O serviço médico e equipamento para socorros de urgência e remoção de feridos será fornecido pelo Estado através do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência – SAMU – 192.

Parágrafo primeiro. Cada atleta será responsável por sua própria segurança e arcará com as responsabilidades decorrentes.

Parágrafo segundo. No caso de atletas menores de idade aquelas responsabilidades ficarão a cargo dos pais ou responsáveis.


II - Das Competições

Art. 4º. A Etapa III será realizada em duas provas: Eliminatória e Final, em 09.08.09, com início impreterível às 10 horas.

Art. 5º. As inscrições serão feitas até o dia 08.08.09, e , preferencialmente, serão enviadas por e-mail endereçado à aagil.org@gmail.com .

Parágrafo Primeiro. Não serão aceitas inscrições após o dia 08.08.09.

Parágrafo Segundo. O pagamento da inscrição -R$5,00 cinco Reais - poderá ser feito no dia da prova, até o Congresso Técnico, com dinheiro trocado.

Art. 6º. Caso haja atletas de outros estados, eles competirão pelo ranking interestadual, correndo normalmente junto com os atletas da Categoria Especial.

Art. 7º. Durante as provas é vedado a todas as pessoas, exceto aos organizadores, o acesso à equipe de arbitragem.

Art. 8º. Será desclassificado e excluído da competição o Atleta que não se apresentar à chamada, quando houver, seja no Congresso Técnico, Reconhecimento da Pista, Eliminatórias e Final.

Art. 9º. Será garantido a cada atleta o intervalo mínimo de 5 (cinco) minutos entre cada volta.

Parágrafo único: Decorrido o tempo definido para cada volta, que será sinalizado por apitos, o atleta deverá sair imediatamente da área de rolamento.

Art. 10. A não observação de princípios éticos consagrados pelo uso ou a infringência deste regulamento implicará na desclassificação e/ou conseqüente perda dos pontos na prova que estiver em andamento, a critério dos árbitros, que relatarão o fato no verso da súmula e a assinarão.

Art. 11. A melhor volta de cada atleta será aquela em que obtiver maior número de pontos.



III – Congresso Técnico e Reconhecimento da Pista

Art. 12. O Congresso Técnico será realizado no dia e local da prova, no horário das 09h30min às 09h50 min.

Art. 13. A título de reconhecimento de pista a pista ficará livre para uso até dois minutos antes do início das provas.

IV - Da Prova Eliminatória e Final

Art. 14. A ordem da corrida na Eliminatória será determinada pela ordem inversa do número de inscrição atribuído segundo o dia e horário do envio do respectivo e-mail, ou seja, quem se inscrever primeiro inicia a prova por último.

Parágrafo primeiro. Caso impossível determinar o horário e/ou data de envio da inscrição , será utilizada a data/horário da recepção pela AAGIL.

Art. 15. Cada atleta fará duas voltas em cada prova, individualmente, ressalvada a hipótese do parágrafo primeiro do artigo 18 (dezoito).

Art. 16. Cada volta terá duração de um minuto.

Art. 17. O cronometrista soará o apito no 0 (zero), aos 45 (quarenta e cinco segundos), e duas vezes após decorrido um minuto.

Art. 18. Serão classificados para participar da Final dez primeiros colocados da Eliminatória, na seguinte ordem: os três primeiros da primeira bateria, os três da segunda e os quatro primeiros da terceira bateria.

Parágrafo primeiro. Caso o número de atletas inscritos não ultrapasse 10 (dez) não será realizada a prova Eliminatória, por desnecessária.

Art.19. A ordem das apresentações na final será inversa à ordem das apresentações da eliminatória.

VI – Julgamento das Provas

Art. 20. A Equipe de Arbitragem será composta de 3(três) Árbitros credenciados pela AAGIL, sendo que um ficará na reserva; 1 (um) Mesário; 1 (um) Cronometrista e 1 (um); Auxiliar de Arbitragem.

Parágrafo único: Caso necessário, as funções de cronometrista e mesário poderão ser exercidas por uma só pessoa.

Art. 21. O desempenho de atletas será avaliado levando-se em conta o conjunto dos seguintes quesitos:
A. Dificuldade: quantidade, qualidade e técnica na execução das manobras;
B. Criatividade: inventividade, engenhosidade na solução dos problemas;
C. Consistência: firmeza na realização das manobras;
D. Estilo: etética dos movimentos, beleza.

Art. 22. Cada árbitro atribuirá, publicamente, pontos inteiros de 0 a 10 (zero a dez) ao desempenho de cada competidor em cada volta.

Art. 23.Os pontos de cada atleta em cada volta serão obtidos pela soma dos pontos atribuídos pelos dois árbitros.

Art. 24. Serão considerados como critério de desempate, os pontos da primeira volta; permanecendo o empate, os pontos na segunda volta, em ambos os casos na prova em que ocorrer o empate.

Parágrafo único: Permanecendo o empate cada atletas será consagrado na sua classificação com empate técnico.

VII - Disposições Finais

Art. 25. A AAGIL manterá em arquivo público, por categoria, na forma usual, todos os resultados da etapa a que se refere este regulamento.

Art. 26. A AAGIL manterá, também, em arquivos públicos os nomes de todos os participantes, atletas ou não, que tenham contribuído para a realização das provas de que tratam este regulamento.

Art. 27. Caberá à comissão técnica julgar em primeira instância, no local, todas as reclamações feitas por competidores ou responsáveis.

Parágrafo primeiro. Serão admitidas apenas reclamações por escrito, devidamente justificadas e assinadas por atleta inscrito ou, se menor, pelo responsável.

Parágrafo segundo. Recursos em segunda e última instância deverão ser dirigidos por escrito à Associação Paraense de Patinação Aggressive In-Line - AAGIL, Rua Nova 130, Bairro Murubira - Mosqueiro - Belém - PA - CEP 66918-010.

Art. 28 A classificação na Final dará origem aos pontos do Ranking Estadual e, se for o caso, ao Interestadual, e dos melhores do ano 2009, conforme a seguinte tabela:
A- 1° lugar – 17 pontos
B- 2° lugar – 13 pontos
C- 3° lugar – 10 pontos
D- 4° lugar – 08 pontos
E- 5º lugar – 07 pontos
F- 6º lugar – 06 pontos
G- 7º lugar – 05 pontos
H- 8º lugar – 04 pontos
I- 9º lugar – 03 pontos
J- 10º lugar – 02 pontos

Parágrafo primeiro. Todos os atletas participantes que não forem classificados para a final receberão um ponto no ranking, exceto os desclassificados por motivos disciplinares.

Art. 29. Todos os fatos, sons e imagens relativos ao Campeonato são públicos e poderão ser divulgados livremente desde que para fins não econômicos.

Art. 30. Será obrigatório o uso de capacete e recomendável o uso dos demais equipamentos individuais de segurança.

Art. 31. Os casos omissos serão resolvidos pela Comissão Técnica que poderá, todavia, se aconselhar com outros profissionais presentes.
------------------------------------------
documento em edição até 08.08.09
alteração: em 07.08.09 foi eliminado um artigo relativo ao início da categoria femina (art 25) e renumerados todos os artigos a partir dele.
última alteração no artigo 18 acrescentando o número de classificados em cada bateria, a saber, 3, 3, e 4.